Sobre medo, solidão e vulnerabilidade

Eu costumava pensar que já tinha tudo o que eu podia ter, mas sempre havia aquela sensação de que faltava algo. A falta, diz minha terapeuta, faz parte do sujeito. Ela sempre vai estar lá.

Um dia eu notei que eu usava essa busca constante por algo para não parar e olhar dentro de mim mesma. Eu sempre buscava fora.

Me dei conta de que sempre senti muito medo de tudo, embora eu tenha essa marca de persistência, talvez, porque o medo e a coragem sejam opostos complementares e andem sempre juntos. Sempre que eu parava, me sentia afundando como a Lara Croft em uma areia movediça. Precisava sair do lugar.

Entre tantas mudanças, saí de Juazeiro do Norte, minha cidade natal, e comecei a andar. Só o movimento me salvava. Nesse meio tempo «morei em tanta casa que nem me lembro mais»: Fortaleza, Natal, Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Buenos Aires, Roma, Crato, Caicó, e desde 2015, Petrolina. Parar em um lugar, me fez entrar em contato com minhas vulnerabilidades e medos.

Naquele momento, não havia mais pra onde correr.

Escrever pra mim sempre foi algo quase fisiológico, como comer e dormir. Era o mínimo para viver. E quando parei de buscar algo fora, comecei a olhar para essa parte de mim, escondida no underground da minha mente, essa que escrevia.

(Tenho a impressão de que a escrita das mulheres passa sempre pela solidão e pelo medo. Parece que os olhares são mais críticos, mais duros, do que aqueles lançados para os homens. A maioria das mulheres com quem converso dizem que tem medo de publicar, de serem lidas.)

Um dia, resolvi ter uma conversa séria com esse medo. Mas e se eu não for boa o suficiente?, perguntei pro medo, e ele me olhando com amor, respondeu, “E se você for?”

Foi então que resolvi jogar minha escrita pro mundo. Foi como atirar-me da borda de um abismo. Na real, nos atiramos juntos, eu, o medo e a coragem.

Sem eles eu não seria quem sou. Sem eles ninguém estaria me lendo.

Dia Nobre é escritora e PHD em História. Autora do livro Todos os meus Humores (Penalux, 2020) https://dianobre.com

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store